Liga da Justiça (Justice League,2017)

Avaliação do Autor:

Os filmes sobre o universo da DC Comics finalmente vem amadurecendo, depois dos desastrosos “Esquadrão Suicida” e “Batman Vs Superman”, fomos brindados com o excelente “Mulher-Maravilha” e agora com o ótimo “Liga da Justiça”. Finalmente deixaram de querer levar os filmes de super-heróis tão a sério, de querer passar mensagens edificantes, já que este gênero de filme é somente puro entretenimento e isso o espectador tem de sobra em “Liga”.

Após um começo morno, o prólogo por exemplo é sem sentido e depois tem uma batalha meio boba da Mulher-Maravilha com um grupo terrorista, o filme engrena. Ao contrário de “Batman Vs Superman”, em “Liga da Justiça” todos os personagens tem destaque, nenhum some sem mais nem menos. A história de todos os heróis são bem explicadas e o roteiro flui de uma forma redonda, depois dos 30 minutos iniciais já criticados no início deste parágrafo.

A saída de Zack Snyder da direção, afastado por problemas pessoais, fez bem ao filme. Em seu lugar, entrou Joss Whedon, responsável por longas da Marvel. Para se ter uma ideia, rumores indicam que Snyder queria fazer um filme de 3 horas, mas Whedon enxugou e acabou com 2 horas.

O cenário do filme também está extremamente caprichado e todo bem utilizado e a câmera sempre muito bem posicionada.O elenco também mostra entrosamento, com destaque para o Jason Momoa (Aquaman) e Ezra Miller (Flash), que muitos podem estranhar as piadas dele e achar que destoam do resto do filme, mas na opinião deste crítico, este foi um ponto positivo, já que como disse, filme de super-herói não deve ser levado a sério. Aliás, sobre o Ezra Miller, quem viu a sua péssima interpretação no ótimo “Precisamos Falar Sobre Kevin” e ver agora, percebe como amadureceu como ator.

Dê sua Opinião